A ACASP

Desde 1889, quando Geoge Eastman introduziu o primeiro filme 35mm e Thomas Edison os primeiros protótipos de câmera cinematográfica, a evolução dos equipamentos e a sua complexidade foi tão grande que logo surgiu a necessidade de pessoas especializadas e treinadas para trabalhar com eles, foi quando surgiu a função do 1° Ass. De Câmera seguida pelo 2° Ass. De Câmera e no final da década de 80 inicio da de 90, com o advento do vídeo assiti, tornou-se necessário a função do Operador de Vídeo.

Como a natureza do ser humano é de não se render as dificuldades que a vida muitas vezes impõe, um grupo de assistentes de câmera de São Paulo, conscientes do mercado e de suas dificuldades, passam a se reunir periodicamente na sede do SINDCINE, a fim de discutir e buscar soluções para os problemas que vinham enfrentando.

Após muita discussão e inúmeras reuniões, conclui-se que por melhor que fossem suas intenções muito pouco poderia ser mudado sem o apoio dos profissionais do mercado e a conscientização da classe.

Março de 1999, a semente da ACASP estava sendo plantada, por um grupo de idealizadores dispostos a lutar não somente por direitos, mas por um objetivo ainda maior, “a criação de uma associação de classe”, a fim de contribuir com o desenvolvimento e o aprimoramento profissional dos assistentes de câmera assim como resguardar seus direitos e deveres.

Em março de 2000, nasce oficialmente a ACASP (Assistentes de Câmera Associados de São Paulo). A partir desta data iniciou-se um processo irreversível, demonstrando a todos que somente a união da classe e a conscientização da necessidade de mudanças poderia torna-los profissionais melhores e mais respeitados.

Atuando de forma correta, seguindo normas e princípios, respeitando seus parceiros e associados, hoje a ACASP é uma associação de fato e de direito, reconhecida pelo SINDCINE, pelos seus associados e principalmente pelo mercado.

Isto é apenas o começo, falta muito para se atingir os objetivos traçados, mas a certeza das conquistas e do sucesso já é uma realidade.

“As batalhas da vida nem sempre são ganhas pelo homem mais forte ou mais veloz, cedo ou tarde, o homem que vence é aquele que acredita que vai vencer.”
autor desconhecido

O aprendizado e o conhecimento não nos pertencem, mas infelizmente a divulgação dos mesmos torna-se às vezes bastante difícil, primeiro, por não termos uma literatura portuguesa voltada para o assunto técnico de Assistência de Câmera e segundo por haver uma carência muito grande de cursos específicos e o conhecimento tendo que ser transmitido de uma pessoa para outra. Por isso, o SITE da ACASP, veio ajuda-la a alcançar seus objetivos, sendo um instrumento de divulgação de novas experiências e informações diversas, ajudando aos assistentes de câmera crescerem cada vez mais como profissionais.

Ser Assistente de Câmera é uma arte e uma ciência. Ele deve ser acima de tudo organizado e seguir normas e procedimentos de trabalho, pois é a única maneira de evitar erros. Deve ser criativo e sensitivo, desenvolver uma sensibilidade capaz de prever o movimento da câmera ou do objeto a ser filmado, ter resistência física e alto nível de concentração para momentos que a pressão for muito grande e os limites estiverem sendo testados. Tudo isso, para almejar uma perfeição com a máxima eficiência, velocidade e precisão. Pois o objetivo principal é “ter a cena”. Nunca subestimar um trabalho e acima de tudo ser humilde para saber que sempre é possível melhorar.

Gostaria de desejar a todos que decidiram encarar o desafio de ser Assistente de Câmera, uma função tão nobre e importante como todas as que compõem a equipe de cinema, FELICIDADES!

Arnaldo Mesquita
ex-assistente de câmera, participou da organização da ACASP e hoje é Diretor da Fotografia